OS MILAGRES DE JESUS – 12 – VISÃO ESPÍRITA

Padrão

CURA DE UM ENDEMONINHADO CEGO E  MUDO

O TEXTO

22 Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via.

Mateus. 12:22

COMENTÁRIOS

Provavelmente a menor narrativa de um milagre contida no  Novo Testamento: um único versículo.

Mesmo  assim, muito se poderia dizer a respeito. Em primeiro lugar, se o levaram até o Mestre, é porque  o próprio enfermo (cego e mudo)  – e quem o levou – acreditavam nos poderes de Jesus para curar.

Arcava com graves padecimentos: não enxergava, não falava. Sendo um adulto, como provia o seu sustento, com tais incapacitações?

É  interessante notar que o evangelista já o classificava de “endemoninhado”, certamente julgando que a causa de seus problemas de saúde era uma obsessão espiritual.  Genericamente, chamavam o obsessor de “demônio”, mas isso que não queria dizer exatamente “ser dedicado ao mal”, mas espírito.

Mas se o espírito – ou espíritos – lhe causava tal sofrimento, não haveria de ser bom, embora também pudesse não ser mau, apenas vítima da confusão mental que ataca recém desencarnados que obsedam mais por ignorância e busca de apoio =- vítima ele próprio de uma enfermidade –  do que por deliberada ação vingativa para atormentar, fazer sofrer.  O texto não nos permite concluir com detalhes.

Entretanto,  Jesus o cura sem maiores delongas. Mas não o cura simplesmente, pois o texto destaca:

“…e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via.”

Como assim? Ora, Ele poderia tê-lo curado parcialmente: só restituir-lhe a visão ou a fala. Com certeza já seria um grande benefício, uma grande redução dos seus sofrimentos.

Mas, Jesus “de tal modo o curou”, que o curou completamente, certamente após ter verificado que ele cumprira seu resgate cármico, ou vivera até então de tal forma que já merecia um indulto que o Mestre poderia conceder-lhe. A equipe espiritual de Jesus deve tê-lo informado a respeito de sua situação espiritual e seus merecimentos.

Então, Jesus não fez pela metade.

Curou-o de tal modo que ele recuperou completamente a saúde, solucionando os dois problemas que o torturavam:

….”de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via.”

13-09-18

Cura do cego e mudo endemoninhado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s